25.10.11

sou minha flor

Click na imagem e veja detalhes do livro

Autoria de Paritosh Keval
Paritosh é para mim o que Louis Lambert foi para Balzac.
Esta edição antecipada já está à venda. São 222 páginas - 12 Capítulos - 114 Versículos.

Sou o autor da minha peça e o próprio personagem. Sou a dança e o bailarino, a música, o regente, o compositor. A ternura mais vermelha e delicada, o lóbulo da orelha do meu amor. O beijo e o orgasmo, a delícia e o licor; o êxtase e todas as auroras que ainda vão chegar. Sou o céu estrelado, a língua do horizonte — e mais além. Sou o sagrado e o profano, o profundo e o supérfluo, a origem da tragédia, o brilho e o pó. Sou mínimo e tanto, sou pouco e princípio, paixão, excesso e glória. Sou infinito no teu entusiasmo, e a penúltima labareda de uma espécie de fogo em extinção. Sou eterno relâmpago, amor: passageiro. Uma gotinha de chuva, um pingo de mel, uma pétala de estrela. Sou eu: minha flor.

Nenhum comentário: